ACESSIBILIDADE | ALTO CONTRASTE | MAPA DO SITE
TAMANHO DA FONTE: A- | A+

NOTÍCIAS Voltar >

Mesmo na Crise, Mirassol valoriza Servidores com 11,28% de Reposição SalarialMesmo na Crise, Mirassol valoriza Servidores com 11,28% de Reposição Salarial

Publicado em 14/01/2016, Por Augusto Simões

Cuidar do funcionalismo público municipal é uma dedicação da atual gestão, por isso, todos os servidores municipais de Mirassol D´Oeste já podem comemorar mais uma conquista.  

 

Na manhã desta quinta-feira ( 14 ) no gabinete do prefeito Elias Mendes Leal ocorreu a celebração entre Prefeitura Municipal e SISPUMO - Sindicato dos Servidores Municipais de Mirassol D´Oeste, representada pelo seu presidente - Marcos Antonio dos Santos sobre a reposição salarial  firmada no artigo I da Lei 1306/2016 no indice de 11,28% a todos os servidores municipais.

 

O presidente do SISPUMO - Marcos Antonio dos Santos fala sobre esta reposição salarial: " a reposição aprovada pela Câmara de Vereadores e na data de hoje assinada pelo prefeito Elias Mendes Leal concede reposição salarial aos servidores públicos municipais no percentual de 11,28%,  indice este que foi o anunciado pelo INPC -  Índice Nacional de Preços ao Consumidor referente ao ano de 2015 e este percentual está já valendo para o salários de todos os servidores municipais referente ao mês de janeiro de 2016 ."

 

Para o prefeito Elias Mendes Leal a reposição salarial cumpre a legalidade e a lei existe para ser cumprida: " a nossa administração é legalista, nós praticamos a lei aqui na prefeitura e se é direito dos servidores, nós vamos cumpri-la, sendo de autoria de nossa gestão, onde era reclamado a muito tempo pelo SISPUMO e diante da situação que o municipio atravessa, eu poderia fazer uma proposta em duas vezes esta reposição, no entanto, tive que fazer uma análise, um estudo de contas e cheguei a conclusão que com um pouco de sacrificio e dentro da normalidade, chegaremos ao fim do ano com a folha  em dia como foi nos demais anos e estou feliz, apesar das dificuldades, estamos conseguindo fazer uma reposição salarial em cota única nos doze meses, mas, vamos nos adequar, cortar gastos para cumprir a lei."




Compartilhar:

CLIMA E TEMPO