ACESSIBILIDADE | ALTO CONTRASTE | MAPA DO SITE
TAMANHO DA FONTE: A- | A+

NOTÍCIAS Voltar >

Na guerra contra a dengue, inspeção de pontos estratégicos é realizado pela Vigilância AmbientalNa guerra contra a dengue, inspeção de pontos estratégicos é realizado pela Vigilância Ambiental

Publicado em 26/01/2016, Por Augusto Simões

Os agentes de combate a endemias vem realizando quinzenalmente  em todo o municipio várias visitas zoosanitárias a pontos estratégicos e residências, para levantamento de índices, reconhecimento geográfico, monitoramento de armadilhas, pesquisas vetoriais especiais e delimitação de foco, como forma de auxiliar no monitoramento e controle dos vetores, além de lavercidas e inseticidas que é aplicado, onde as ações estão sendo realizadas em comércios, residências, escolas, bosques, entre outros locais.

A coordenadora da Vigilância Ambiental, Juscilene Serrão, destaca as medidas realizadas pelo Departamento. “É importante lembrar que o mosquito Aedes Aegypti transmite outras doenças além da Dengue, como a Febre Chikungunya e a Zika vírus. Nós intensificamos nossas ações, mas é importante que a população fique atenta o ano todo”, comenta.

Apesar da população estar ciente do que fazer para evitar o mosquito Aedes aegypti  , nunca é demais repetir sobre os cuidados essenciais  como forma de prevenção:

-Mantenha a caixa d’água sempre fechada com tampa adequada;

-Encha de areia até a borda os pratinhos dos vasos de plantas;

-Entregue pneus velhos ao serviço de limpeza urbana ou guarde-os em local coberto, sem água e longe da chuva;

-Mantenha as garrafas, vasos vazios de plantas e baldes sempre de boca para baixo;

-Não deixe a água de chuva acumulada sobre a laje;

-Tire sempre a água acumulada nas folhas de plantas;

-Coloque lixo em sacos plásticos e mantenha a lixeira fechada. Não jogue o lixo em terrenos baldios;

-Lave, principalmente por dentro, com escova e sabão, os utensílios domésticos usados para armazenar água. 

Para Lázaro Lucas de Souza -  Agente de Combate a Endemias é taxativo ao falar do trabalho com a equipe vem realizando ao combate do mosquito em toda a cidade quinzenalmente: " esses locais são estratégicos porque, diariamente, passam por eles centenas de pessoas. Então, o que estamos fazendo é um bloqueio de transmissão, já que o transmissor da dengue tem hábito diurno – período mais movimento nesses pontos e mais, os pontos estratégicos – com área instalada igual ou superior a 500 metros quadrados – são escolas, indústrias, hospitais, instituições públicas e privadas. "

Serviço A Gerência de Vigilância Ambiental fica na Rua Nilma Pereira Leite, nº 235 , no bairro  (ao lado do Hospital Samuel Greve). Dentre outras atividades, o setor atende reclamações sobre a existência de locais que favorecem o desenvolvimento de mosquito da dengue e orienta os moradores sobre boas práticas para evitar a ocorrência do mosquito. O serviço funciona de segunda a sexta-feira, das 7h às 13h, e o contato pode ser feito pelo telefone (65) 9992. 6640.




Compartilhar:

CLIMA E TEMPO