ACESSIBILIDADE | ALTO CONTRASTE | MAPA DO SITE
TAMANHO DA FONTE: A- | A+

NOTÍCIAS Voltar >

MIRASSOL DOESTE NA VANGUARDA DO ATENDIMENTO AO IDOSO MIRASSOL DOESTE NA VANGUARDA DO ATENDIMENTO AO IDOSO

Publicado em 21/06/2016, Por Assessoria de Imprensa Amaury Dantas

Em visita ao Município o Dr. Isandir Resende, membro titular e conselheiro do Conselho Estadual  de Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa -CEDEDIPI, que é um órgão permanente,  paritário,  de  caráter  deliberativo,  vinculado à Secretaria  de  Estado  de  Justiça e Direitos Humanos, que tem por objetivo a supervisão, o acompanhamento, a fiscalização e a avaliação da Política Nacional do idoso, no âmbito do Estado de Mato Grosso; esteve no último dia 17 de Junho junto ao Gabinete do Chefe do Executivo miradolense, para formalizar o convite dirigido à servidora municipal, Sra. Elizangela Vicentini Fazolo, para participar do referido Conselho em pauta, Elizangela assumirá uma Cadeira que está sendo apresentada  pelo SINDAP, em parceria com a Ordem dos Advogados do Brasil-OAB e o Município. Este procedimento, irá respaldar a política social da pessoa idosa em Mirassol D'Oeste. disse ele também que, hoje o município é um exemplo no que se refere a política social do idoso, visto que, o mesmo saiu na vanguarda a nível estadual, o único município do Estado de Mato Grosso que criou o Fundo, uma Legislação, e que hoje já avançou na construção de uma grande obra em parceria com o Banco Santander. Isto significa uma política de respeito e comprometimento para com o cidadão idoso do município de Mirassol D'Oeste, que certamente está espelhando o aprimoramento e a execução deste exemplo a nível estadual.

Elizangela V. Fazolo, na ocasião em entrevista a essa assessoria, disse se sentir muito honrada, haja vista que o grupo da terceira idade hoje é questão de prioridade para a gestão atual, e que o fato de ser convidada para assumir esta Cadeira gera uma espectativa positiva de que certamente sua presença virá somar junto ao CEDEDIPI, a implementação de políticas públicas inerentes a este tema tão complexo onde os atores (idosos), estão expostos a preconceitos e atos vilipendiosos em virtude de possíveis falhas que possam interferir no treinamento de agentes preparados para este fim.




Compartilhar: FACEBOOK

CLIMA E TEMPO