ACESSIBILIDADE | ALTO CONTRASTE | MAPA DO SITE
TAMANHO DA FONTE: A- | A+

NOTÍCIAS Voltar >

O LOCAL É AQUI O LOCAL É AQUI

Publicado em 14/02/2017, Por Consórcio Intermunicipal Nascentes do Pantanal Amaury Dantas

A integração lavoura pecuária é um sistema que proporciona ganhos econômicos, ambientais e sociais, gerando muitos benefícios para o campo e para a cidade.

A implantação do sistema de integração lavoura pecuária em uma propriedade possibilita a recuperação de áreas degradadas e ao mesmo tempo, com a intensificação do uso da terra, aumenta os efeitos complementares entre as diferentes espécies cultivadas, e entre elas e a criação de animais. Essa combinação proporciona benefícios simultâneos para as atividades e, de forma sustentável, uma maior produção por área.

Objetivando atrair a atenção dos produtores de soja e milho para a região, bem como demonstrar aos pecuaristas da região os benefícios da prática da integração lavoura pecuária, o Consórcio Intermunicipal Complexo Nascentes do Pantanal, Prefeitura Municipal de Mirassol D’Oeste e Fazenda Urutau, promovem no dia 24 de Fevereiro de 2017 o 3º DIA DE CAMPO – INTEGRAÇÃO LAVOURA PECUÁRIA, a ser realizado na Fazenda Urutau no município de Mirassol D’Oeste.

A Fazenda Urutau receberá produtores, empresários do agronegócio, investidores, técnicos e autoridades políticas regionais, estaduais e nacionais. São esperadas cerca de 300 pessoas para o evento que tem como objetivo, demonstrar as variedades testadas na área da Fazenda Urutau, e os resultados obtidos pela fazenda na integração Soja, Pecuária e Corte.

A integração lavoura/pecuária é uma das grandes opções para a região Oeste do Estado de Mato Grosso, proporcionando ganhos econômicos, ambientais e sociais, gerando benefícios para o campo e cidade, onde a região Oeste, é a Nova Fronteira da Soja em Mato Grosso.

As terras férteis de Mirassol D’Oeste, tem apresentado ótima produtividade com menor custo de investimento. Os recentes plantios no município, têm apresentado uma produtividade média de 70 sacas/ha, acima da produtividade das grandes regiões produtoras do Estado, além do sistema de semi-confinamento que de acordo com o Sr. José Francisco Eusébio, proprietário da Fazenda Urutau, saiu de 1,5 a 2 cabeças/ha para 15 a 26 cabeças/ha no sistema de semi- confinamento.

Por isso, no próximo dia 24 de Fevereiro de 2017 das 07H00 às 13H00, A 3ª edição do DIA DE CAMPO está sendo aguardada com grande expectativa e neste dia, Mirassol D’Oeste estará sendo a vitrine da INTEGRAÇÃO LAVOURA-PECUÁRIA, para toda Região Oeste do Estado de Mato Grosso, como também, para o próprio estado e para todo o país.

“Tem que ser dito, que a logística regional está pronta e é só ativá-la. A economia regional está ociosa, só precisa de investimentos, está tudo pronto. Temos terras boas, custo barato, temos um porto bom, temos fazendeiros investindo em ambientes como o da Fazenda Urutau, o palco é ideal, onde agora é só atrair os empresários, e aproveito para dizer aos produtores de soja e de grãos, da pecuária brasileira: venha para Mirassol D’Oeste. Venha para o Estado de Mato Grosso. Venha conhecer esta região extremamente produtiva com terras férteis e de custo barato. O local é aqui, conclui a prefeita interina Marinêz de Campos”.  




Compartilhar: FACEBOOK

CLIMA E TEMPO