ACESSIBILIDADE | ALTO CONTRASTE | MAPA DO SITE
TAMANHO DA FONTE: A- | A+

NOTÍCIAS Voltar >

Prefeito Euclides Paixão prestigia posse da diretora administrativa-financeira do Hospital Samuel Greve Prefeito Euclides Paixão prestigia posse da diretora administrativa-financeira do Hospital Samuel Greve

Publicado em 03/01/2018, Por Assecom Nilomar Cunha

A senhora Luzia Fazolo, foi empossada na manhã desta quarta-feira, 3, nas dependências do Hospital Samuel Greve, como nova diretora administrativa-financeira do hospital, onde contou com a presença do prefeito Euclides Paixão, do vice-prefeito Fransuelo Ferrai, do diretor da Fundação Samuel Greve, Márcio Luiz, da Secretária de Saúde, Marcela Colombo, e do assistente jurídico, advogado Emerson Rodrigues.

Luzia Fazolo, funcionária pública aposentada, servidora por mais de 30 anos, graduada em Ciências Contábeis pela UFMT, exercia a função de Contadora, na Secretaria de Fazenda do Município de Mirassol D’Oeste.

O diretor da Fundação, Márcio Luiz, agradeceu ao prefeito Euclides Paixão, pela escolha do advogado Emerson e da Contadora Luzia Fazolo, profissionais esses que já conhecem a instituição: “O advogado Emerson por ter sido Procurador Municipal e Procurador da Câmara, além de grande conhecimento na área pública, e a Luzia Fazolo pela larga experiência na área pública, principalmente na parte financeira”. E continua: “Esta Fundação tem vida própria, sendo uma prestadora de serviço e é imprescindível a instituição que a criou que continue apoiando (referindo-se ao governo municipal)”.

Márcio ainda fez menção de que a folha de pagamento dos funcionários, por falta de recursos, ainda não foi quitada, sendo novembro/2017 pago parcialmente e dezembro/2017, não pago. “Se reduzirmos valores reduzimos serviços”, menciona.

Fazolo externou a preocupação com o atual repasse público: “Temos que ver se o que vamos receber e se dá para pagar”, conclui.

Euclides Paixão disse que sua maior preocupação, seria a “Fundação Samuel Greve”; “Já estamos nos reunindo com o Chefe da Administração e da Fazenda, acerca do repasse preocupante, para o fechamento da folha; sabemos que temos que reduzir gastos com pessoal, fechar os acordos trabalhistas, mas temos a certeza que vamos superar”.




Compartilhar: FACEBOOK

CLIMA E TEMPO