ACESSIBILIDADE | ALTO CONTRASTE | MAPA DO SITE
TAMANHO DA FONTE: A- | A+
Acessibilidade | Alto Contraste | Mapa do site | Libras | Tamanho da fonte: A- | A+

NOT͍CIAS Início >

BIOFERTILIZANTE: Kits da Biofossa são instalados em propriedades rurais de Mirassol D OesteBIOFERTILIZANTE: Kits da Biofossa são instalados em propriedades rurais de Mirassol D Oeste

Publicado em 20/01/2015, Por Augusto Simões

Três propriedades rurais de Mirassol D´Oeste, receberam os kits como também, a instalação de fossa séptica biodigestora como parte do projeto Pacto em Defesa das Cabeceiras do Pantanal.  As soluções para a municipio do ponto de vista do saneamento rural vai refletir na melhoria da qualidade da água no futuro.  Este projeto é uma parceria do Consorcio Nascentes do Pantanal, WWF e a Secretaria de Agricultura da Prefeitura Municipal de Mirassol D´Oeste.

A Biofossa é um sistema de tratamento para os dejetos humanos na zona rural, onde três produtores foram selecionados e receberam os kits e foi realizada a instalação, demonstrando assim,  que a contaminação da agua e do lençol freático podem ser diminuídos, gerando assim, um biofertilizante.

O adubo orgânico produzido poderá ser usado na irrigação das árvores frutíferas e do pasto.

O processo para a produção do biofertilizante ou adubo orgânico é simples. Ao dar a descarga no banheiro, a água do esgoto sanitário cai na primeira caixa, onde são despejados o esterco bovino que vai ajudar no processo de decomposição, sendo bactérias anaeróbicas. À medida que a caixa vai enchendo, a água cai na segunda caixa e, quando chega na terceira caixa a água estará pronta para ser usada em 21 dias.

Segundo Elizene Vargas Borges, Coordenadora da Cadeia Produtiva  do Consórcio Nascentes do Pantanal, explica exatamente o que ocorre na biofossa quanto ao biofertilizante: “Esses micro-organismos vão entrar em contato com o material ou a água negra que vem do vaso sanitário e decompor  esse material orgânico, transformando, então, em biofertilizante. A função dessas bactérias que colocamos na primeira caixa é fazer essa transformação desse material sólido em líquido e mais os nutrientes, no caso da ureia, o nitrogênio que vem pela urina é convertido então num biofertilizante”, afirma.

Já para Gessimar Charles Barros, Tecnico Agricola da Secretaria de Agricultura da Prefeitura de Mirassol D´oeste ressalta que “ este sistema de fossa instalado nas propriedades vão proporcionar um maior conhecimento por parte dos produtores rurais, uma vez que é uma tecnologia voltada aos mesmos e o intuito é expandir o projeto para outras propriedades do muncipio.”

As propriedades beneficiadas com os kits da Biofossa em Mirassol D´Oeste foram: Assentamento Santa Helena e Projeto Crédito Fundiario Comunidade Santa Maria




Compartilhar:



CLIMA E TEMPO