ACESSIBILIDADE | ALTO CONTRASTE | MAPA DO SITE
TAMANHO DA FONTE: A- | A+

NOTÍCIAS Voltar >

Prefeito de Mirassol se reúne com reitora da UFMT para discutir implantação de CampusPrefeito de Mirassol se reúne com reitora da UFMT para discutir implantação de Campus

Publicado em 25/09/2013, Por Assessoria de Imprensa Agência de Notícias AMM

Discutir a possibilidade de implantação de um campus da Universidade Federal de Mato Grosso no município de Mirassol D’Oeste foi o objetivo da visita do prefeito, Elias Leal, deputados estaduais e lideranças da região à reitora da UFMT, Maria Lúcia Cavalli Neder, nesta quarta-feira (25). Mirassol D’Oeste está situado na região Sudoeste de Mato Grosso, sendo a terceira maior da região, e não possui nenhuma sala de ensino superior. Elias Leal reforçou essa informação durante a reunião, lembrando os esforços do ex-prefeito e da população para a concretização desse objetivo. Segundo o gestor, a vontade coletiva levou a sucessivas reuniões com a reitora e na elaboração de um estudo sobre a viabilidade da implantação. Elias espera agora dar continuidade ao processo e conquistar o campus para a população da região. “Eu já peguei o bonde andando, mas quero contribuir com a luta dos mirassolenses”, ressaltou. Em seguida, foi entregue à reitora da UFMT um termo de compromisso, assinado pela prefeitura e vereadores, em ceder o espaço físico para a instalação da unidade de ensino. Maria Lúcia reconheceu a persistência do grupo para a implantação do ensino superior no município. Ela avaliou que Mato Grosso tem capacidade para receber mais quatro campi da Universidade e que a prioridade será para cidades que ainda não contam com a presença de nenhuma outra instituição pública de ensino superior e sejam polos regionais. A reitora explicou que aguarda uma sinalização do Governo Federal para iniciar um novo processo de expansão da UFMT. Por hora, a prioridade da presidente Dilma Roussef tem sido a consolidação do Programa de Apoio ao Plano de Reestruturação e Expansão das Universidades Federais, o Reuni. Ela também revelou aos participantes que a Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior - Andifes, da qual integra diretoria, solicitou uma audiência com a presidente para entregar a carta de intenção de expansão, que deve incluir os novos campi de Mato Grosso. Caso seja liberada, apesar de não possuir poder de escolha, a educadora prometeu levar em consideração o engajamento de Mirassol D’Oeste e indicar a implantação. “Mirassol D’Oeste com certeza é o município que mais está correndo atrás para receber um campus da Universidade Federal” completou. A expectativa de Maria Lúcia é que isso ocorra até o final de 2013. O deputado estadual, Ezequiel Fonseca, afirmou que todos os prefeitos da região estão de acordo com a iniciativa de Mirassol. Para o legislador, a presença de uma unidade da UFMT naquela região de fronteira será uma ferramenta a mais para o enfrentamento do tráfico de drogas. O deputado Ademir Brunetto lembrou exemplos de outros municípios que conquistaram pela insistência ajuda do Governo Federal. “Esse caso merece empenho extra e foco especial”, pontuou. Brunetto se disse a favor de que a classe política presente “persiga” uma agenda com a presidente Dilma para reforçar a necessidade. O deputado Airton Rondina, Português, concordou com os colegas e sugeriu a realização de uma reunião da comissão, com a presença de Maria Lúcia, com o ministro da Educação, Aloízio Mercadante. Além dos deputados estaduais, participaram da reunião vereadores do município e representantes da sociedade organizada da região.




Compartilhar: FACEBOOK

CLIMA E TEMPO